Viajar barato pelo mundo: Hospedar-se em hostel vale a pena?










Você já deve ter percebido que, em cada guia que elaboramos, tentamos incluir pelo menos uma opção de hostel como acomodação. Aqui falamos um pouco sobre esse tipo de hospedagem e damos dicas para quem está na dúvida sobre como é ficar em um!

O que são hostels?

Hostels (ou albergues) são opções de hospedagem mais em conta, que normalmente oferecem beliches em quartos compartilhados, muito populares entre jovens mochileiros. Frequentemente primam pela socialização entre os hóspedes, oferecendo, por exemplo, áreas comuns com jogos e eventos diários para descontração. São, por isso, muito procurados por quem se aventura sozinho pelo mundo, e uma ótima oportunidade para conhecer pessoas de cada um dos cantos do planeta.

Muitos disponibilizam uma cozinha comunitária, o que permite que compremos alimentos nos supermercados locais para prepararmos nós mesmos – e assim economizarmos ainda mais na viagem! 

Apesar de a maioria dos hóspedes geralmente serem mochileiros, muitos hostels oferecem quartos privados, com banheiros compartilhados ou não, atraindo também casais ou grupos de amigos preocupados com o orçamento da viagem.

 

Vale a pena?

Os modelos de albergues variam bastante. Em alguns, os quartos são separados entre homens e mulheres. Em outros, as acomodações são mistas. É possível encontrar dormitórios com quatro ou 14 camas. Alguns oferecem café da manhã completo, outros não. E, é claro, alguns podem deixar a desejar no quesito arrumação e limpeza.

Por conta dos preços, não podemos esperar mordomias: às vezes não são oferecidas toalhas, o café da manhã pode ser limitado e a cama não é feita todo dia. Em hostels temos menos privacidade que em hotéis ou pousadas. Mas não é verdade que albergues são sempre “largadões”. Há muitas opções de qualidade por aí, então pesquise e busque recomendações. Por serem alternativas cada vez mais populares, muitos vêm investindo em melhorias para atrair ainda mais viajantes, de todas as idades e estilos.

 

Dicas para albergueiros de primeira viagem

Separamos algumas dicas para não passar nenhum perrengue durante sua estadia em um albergue:

  • É claro, sempre mantenha suas coisas trancadas em lockers ou armários. Nunca ouvimos casos de roubos em hostels, mas o grande fluxo de pessoas nos quartos pode aumentar essa probabilidade. Vários albergues disponibilizam um espaço para o hóspede armazenar suas coisas. Muitos cobram pelo cadeado, então a dica é levar um de casa, para não precisar gastar com isso. Coisas mais importantes, como dinheiro e passaporte, vale levar sempre consigo.
  • Para quem não é de festa, ou precisa acordar cedo para pegar um voo no dia seguinte, recomendamos o uso de protetores auriculares, que vão garantir o descanso necessário durante a noite, principalmente em quartos muito cheios onde pessoas entram e saem a toda hora.
  • Uma lanterninha pode ser interessante para chegar a noite no quarto sem precisar acender a luz e atrapalhar os colegas que estiverem dormindo.
  • Verifique se o albergue disponibiliza toalhas. Se não, leve uma de casa se quiser evitar pagar pelo aluguel de uma.
  • Tenha um kit-banho: uma necessaire com os produtos como shampoo e sabonete, além de um par de Havaianas para tomar banho garantem maior comodidade.

 

Saiba mais

Hostelling International (HI) é uma organização não lucrativa que gerencia albergues da juventude em todo o mundo. Geralmente não oferecem quartos privativos, mas têm estrutura de ponta, como localização privilegiada, luz de leitura individual na cama, acesso à internet, entre outras facilidades. Para pesquisar estabelecimentos, o site é http://www.hihostels.com/.

Além do Hostelling International, outros sites ajudam na escolha de onde ficar. Recomendamos o Hostel Bookers e o Hostel World. O Hostel Bookers não costuma cobrar taxas de administração durante a reserva, apesar de ambos exigirem um percentual da estadia adiantado. Verifique a avaliação de quem já ficou hospedado nos estabelecimentos e o que cada albergue oferece.

 

Os melhores (na opinião da nossa equipe)!

Por fim, nosso “top five” de hostels pelo mundo. Quem quiser saber mais sobre nossa experiência, é só comentar!

1. Home Backpackers, Valência

Home-Backpackers-Valencia-Cocina-Albergue-2

Foto: Reprodução

Funciona em um edifício anexo a uma igreja. Barato e com uma infraestrutura excelente, foi o melhor custo benefício que já experimentamos.

2. St. Christopher’s Inn, Londres

l_3967-2-st-christophers-inn-london-bridge

Foto: Reprodução

Faz parte de uma rede de albergues pela Europa. Só em Londres são sete! No porão, há um pub no melhor estilo britânico.

3. Rivoli Cinema Hostel, Porto

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Cada quarto tem uma decoração temática com base em um filme ou diretor de cinema. Do terraço, onde sempre há festas e eventos para confraternização entre os hóspedes, é possível ver a Praça dos Aliados, cartão postal da cidade.

4. Plus Berlin, Berlim

4

Foto: Reprodução

Um pouco distante do centro, mas com metrô na porta, oferece piscina e sauna para os hóspedes!

5. Che Lagarto, Montevideo

9

Foto: Reprodução

A rede possui várias propriedades, inclusive no Brasil. Essa fica próxima ao terminal rodoviário da cidade e conta com instalações novíssimas.

 

E você? Qual seu top five? Alguma dica ou dúvida? Comente!

  • Pingback: Viajar barato para América do Sul: Montevidéu (Uruguai) | Onde viajar barato - Saiba destinos e dicas para viajar bem e barato

  • Iago Nunes

    Cara, eu nunca sai do Brasil. To querendo programar uma viagem com uns amigos pra Argentina ou outro lugar que nao saia muito caro, afinal, sou apenas um estudante universitario kkk Se tiver alguma sugestão, eu aceito !

    • ondeviajarbarato

      Iago, dá uma procurada aqui pelos posts do blog, damos várias dicas legais, pensando, principalmente, nos mochileiros de primeira viagem. Nossa dica principal é: planejar! Claro que vão surgir alguns tropeços no caminho, mas nada que um bom planejamento não amenize. Tudo faz parte da aventura.

      A Argentina é um país incrível, que vai muito além de Buenos Aires. Experimente Córdoba, Mendonza, La Plata… Sempre nos ajuda pesquisando roteiros de outras pessoas que foram antes que a gente, dê uma pesquisada e boa sorte!

      Abraços!

  • Daniel Mariano

    Estou me planejando para ir a Argentina, vai ser minha primeira viagem e estou bem tenso em relação a isso, estava pesquisando agora a pouco os hotels e fiquei receoso em quartos compartilhados, mas agora nem estou tanto e já até penso em escolher esse tipo de acomodação pelo custo-benefício, universitário não preza pelo luxo!

    • ondeviajarbarato

      Olá Daniel,

      Como falamos, vale pesquisar bastante e ler sobre as avaliações de outros viajantes. Nós já ficamos em vários albergues excelentes (outros nem tanto, mas que resultaram em muitas histórias pra contar!). É um clima ótimo, e nem se fala na economia. Siga nossas dicas para se organizar para evitar os perrengues!

      Grande abraço!

  • Miguel Jarego

    Se alguém pensa em Portugal e pensa visitar Braga aconselho o http://www.truthostel.com tens desde a simples tipologia hostel ate a quartos partilhados com facilidades muito boas.