Viajar barato para América do Norte: Nova York (parte 1)










 

Assim como falamos a respeito de Londres, Nova York é uma daquelas cidades que não cabe em apenas um post. Por isso, aqui vai nossa primeira parte (de muitas ainda por vir) sobre a famosa Big Apple.

 

A cidade

516820881_94ee6d7e60_z

Foto: kaysha

 

Nova York é o centro de uma das regiões metropolitanas mais populosas do mundo. Em termos de população, nas Américas perde apenas para São Paulo e Cidade do México. A cidade, pólo mundial de finanças, cultura, arte e entretenimento, é dividida em cinco distritos (ou boroughs):  Bronx, Brooklyn, Manhattan,Queens e Staten Island.

A NY dos filmes e séries de TVs é Manhattan, a ilha que fica na foz do rio Hudson, onde estão o Central Park, Times Square, Empire State Building e Broadway, para citar alguns dos pontos mais conhecidos da cidade. A infraestrutura turística é excelente – a cidade recebe mais de 50 milhões de turistas anualmente, ficando atrás apenas de cidades como Londres e Paris.

 

O que fazer em Nova York

American Museum of Natural History

246820953_abeca404fe_z

Foto: wallyg

 

Palco de filmes como “Uma Noite no Museu”, o famoso Museu de História Natural (ou na sigla em inglês, AMNH), oferece uma aula sobre a história do planeta. O local (imenso) concentra uma das mais extensas coleções do mundo de fósseis, plantas e animais. Imperdível, principalmente para as crianças. O preço sugerido de ingresso é de US$ 21, para adultos, e US$ 12.50, para crianças. Sugerido porque, como alguns outros museus da cidade, é permitido ao visitante pagar uma quantia inferior (ou superior), como desejar. O museu é coladinho no Central Park, na Central Park West.

 

Central Park

 

O Central Park é uma imensa área verde no meio da ilha de Manhattan. Inaugurado no século XIX, é parada obrigatória para quem visita a cidade, seja para uma caminhada, para ver as inúmeras performances de artistas de rua ou visitar o zoológico dos filmes da série de animação “Madagascar”. Fica entre a West 110th Street (ao norte), West 59th Street (ao Sul), Eighth Avenue (a oeste) e Fifth Avenue (a leste), que mudam de nome ao longo das fronteiras do parque. Várias estações de metrô levam ao parque, não tem erro.

 

Estátua da Liberdade

 

O monumento, presente dos franceses para os Estados Unidos em comemoração do centenário da independência norte-americana, fica na Liberty Island, acessível apenas por meio do serviço de balsas. Ingresso são comprados no Battery Park, ao sul de Manhattan, ou online. A última balsa sai para a ilha às 16h30 e retorna às 18h15. Espere filas e multidões durante a alta temporada. Adultos pagam 17 dólares e crianças 9, pelo passeio que dá ainda direito à entrada para o Ellis Island Immigration Museum.

 

Times Square

516818391_0849517be5_z

Foto: kaysha

 

Nenhuma ida a NY está completa sem uma foto diante dos letreiros luminosos da Times Square. A região fica entre as ruas West 42nd to West 47th, na região central de Manhattan. Uma das mais famosas (e dizem, decepcionantes) festas de ano novo do mundo ocorre em Times Square, com a queda do globo (ball drop) e fogos de artifício.

 

Onde ficar em Nova York

A localização privilegiada próxima de grande parte das atrações faz com que as opções de hospedagem em Manhattan sejam mais caras. Há, contudo, boas alternativas de albergues e hotéis mais simples.

hostel-exterior-small

Foto: Reprodução

A unidade nova iorquina da reconhecida rede de albergues fica localizada a poucos passos do Central Park e Times Square, um um prédio histórico parecido com um castelo. A estrutura é excelente e o hostel ainda oferece passeios guiados e eventos de confraternização. Quartos compartilhados a partir de 49 dólares por pessoa.

Chelsea In é um pequeno e simpático hotel, com uma decoração que lembra casa de vó. São poucos quartos e o café da manhã é incluído na diária. A partir de 140 dólares o casal.

4

Foto: Reprodução

Essa guest house possui quartos com banheiros compartilhados a partir de 120 dólares o casal, colada no Empire State Building e Korea Town.

Onde comer em Nova York

Uma cidade tão cosmopolita e vibrante não decepcionaria aqueles em busca de novas experiências gastronômicas.

Nova iorquinos adoram um cachorro quente. Há carrinhos vendendo hot dogs pela cidade inteira. O Gray’s oferece um dos mais famosos de Manhattan, a módicos $ 1,50.

3416821822_e33e05763b_z

Foto: jetsetcd

Katz’s é o lugar onde Harry conheceu Sally (já viu o filme?). Vive lotado, mas os sanduíches valem a pena. Peça o de pastrami ($16.95).

Uma mistura de mercado gourmet com complexo gastronômico, oferece várias opções de restaurantes. O espaço é dividido por seção do cardápio (massas, carnes, peixes) que oferecem refeições a preços razoáveis.

Como chegar em Nova York

Voos sem escalas saem diariamente de São Paulo e Rio de Janeiro. A cidade de Nova York é servida por três aeroportos, o John F. Kennedy (um dos maiores dos EUA) e o LaGuardia, ambos no Queens, e Newark, em Nova Jersey.

 

Saiba mais

  • Gabriel

    Muito interessante, irei visitar cada local desses quando for pra cidade dos sonhos.

    • Onde viajar barato

      Gabriel, NY é realmente incrível. Uma cidade para todos os gostos (e bolsos!). Aguarde que em breve postaremos a segunda parte do guia, de várias ainda por vir.
      Boas aventuras!

  • Bia Araujo

    Otimas Dicas! Um lugar preferido para fazer compras pelos brasileiros! Sem falar no Woodbury Premium Outlets, Maravilhoso! Agora, sempre levo as futuras mamaes que querem comprar roupinhas de enxoval de bebe ou no Woodbury ou no Jersey Garden.
    Bia Araujo
    http://www.biaaraujo.com

    • ondeviajarbarato

      Sempre vale separar uns dias para as compras! 🙂