Viajar barato para América do Sul: Cusco (Peru)










 

Cusco, situada na região dos Andes, é muito mais que apenas passagem para aqueles a caminho de Machu Picchu. Considerada Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO, a cidade encanta turistas com suas construções que misturam a arquitetura européia do século XVI e a influência inca.

A cidade

Capital da província de mesmo nome, Cusco, palavra que significa “umbigo” no idioma quíchua, era o centro administrativo e cultural do Império Inca (Tahuantinsuyu). Situada a 3400 metros de altitude, acredita-se que a cidade foi fundada pelo Imperador Inca Manco Capac no século XI ou XII. Dessa época, restam apenas alguns monumentos como o Templo do Sol (Korikancha). Com o fim do império Inca, em 1532, Cusco foi invadida pelas tropas do conquistador espanhol Francisco Pizarro. A maioria das construções do antigo império acabaram destruídas pelos clérigos católicos, com o objetivo de destruir o que ainda restava da civilização inca, abrindo caminho para a construção  das novas igrejas cristãs e dos demais edifícios administrativos da coroa espanhola.

Foto: Fede Gil

 

O que fazer em Cusco

 Catedral del Cuzco

 

É a principal igreja da Arquidiocese Católica Romana de Cusco. A catedral está localizada na avenida principal de Cusco, a Avenida del Sol. Sua construção, em formato de cruz, foi concluída em 1654, quase cem anos após o seu início. Sua arquitetura gótica-renascentista reflete o estilo predominante na Espanha, durante o período da conquista da América do Sul. Há também evidências de influência barroca em sua fachada, na Plaza de Armas.

Museo Inka

 

O Museo Inka, também conhecido como o Museu Arqueológico de Cusco, mantêm uma coleção de artefatos que traçam a história do Peru, desde as civilizações pré-incas, passando pela cultura Inca, até o impacto da conquista espanhola no período colonial sobre essas culturas nativas. O edifício era o palácio do almirante Francisco Aldrete Maldonado, um dos mais belos casarões coloniais de Cusco. A mansão, construída em cima de um palácio Inca, ficou pronta no início do século XVII.

Machu Picchu

Descoberta em 1911 pelo historiador americano Hiram Bingham, Machu Picchu, também conhecida como a cidade perdida dos Incas, foi construída, como acreditam a maioria dos arqueólogos, para uso do imperador inca Pachacuti (1438-1472). 112 km separam Cusco de Machu Picchu e há várias maneiras de chegar. É possível caminhar através da Trilha Inca, trecho de uma antiga estrada pavimentada com pedras que atravessa algumas montanhas da cordilheira dos Andes. É uma das rotas de trekking mais famosa do mundo, graças aos intrigantes sítios arqueológicos e as espetaculares paisagens naturais que oferece ao viajante durante os 3 ou 4 dias de caminhada. Outra opção, mais fácil, é ir de ônibus ou trem até Ollantaytambo, e depois de trem até Aguas Calientes, o ponto de acesso mais próximo de Machu Picchu – aproximadamente de 6 km de distância, ou 1,5 hora de caminhada.

Onde ficar em Cusco

Foto: ohocheese

Com diárias a partir de 26 soles nos dormitórios para 14 pessoas, o hostel oferece ótima localização, a algumas quadras da Plaza de Armas, além de café da manhã e sinal wi-fi. Para aqueles em busca de maior conforto, é possível reservar quartos privativos com banheiro por diárias modestas.

Foto: Reprodução

Oferece conforto e bons preços a apenas algumas quadras da Plaza de Armas. Mais tranquilo que a maioria dos hostels da cidade.

Bem localizado, o hotel oferece quartos espaçosos e confortáveis. Parte do lucro do hotel é revertida para projetos sociais na cidade.

Onde comer em Cusco

  • Jack’s Cafe (Choquechaka, 509) – Uma excelente alternativa para fugir da comida típica peruana. Preços justos e pratos variados, que vão desde de saladas à sanduíches, passando por panquecas e waffles. Ótimo para lanches rápidos. 
  • Restaurant Inkazuela (Plazoleta Nazarenas, 167) – Ótima pedida para um dia frio, a especialidade do restaurante são as famosas sopas servidas em “cazuelas”.
  • Uchu Peruvian Steakhouse (Calle Palacio, 135) – Serve pratos típicos do Peru, como a carne de Alpaca.

Como chegar em Cusco

 

Não há voos diretos do Brasil. Para chegar, a rota mais fácil é sair de São Paulo até Lima e lá pegar uma conexão até Cusco. Os voos para Lima são operados pela LAN e Taca Airlines.

 

Saiba mais