Viajar barato pela Europa: Ryanair e companhias low-cost










Companhia aéreas low-cost oferecem tarifas significativamente mais baratas que a maioria – frequentemente é possível encontrar  passagens mais baratas que trens ou ônibus para o mesmo trajeto!

Imagem: Reprodução

O conceito low-cost

É claro que há alguns “poréns”: não espere muito conforto ou amenidades como bebidas e lanches a bordo.O cliente é quase um funcionário da empresa: as passagens são compradas online e o cartão de embarque deve ser levado impresso. O limite de bagagens por passageiro é restrito a um volume pequeno. Caso se queira viajar com mais de uma mala, é necessário pagar a mais por isso.

Geralmente operam em aeroportos secundários, menores e mais distantes do centro das cidades. Nessa hora é preciso ficar atento e verificar se os custos de transporte até o aeroporto compensam o valor da passagem – o que geralmente ocorre: há pouco tempo era possível encontrar passagens de 2 euros ou menos!

Os lugares não são marcados: os primeiros a entrar pegam os melhores (é possível pagar para escolher a poltrona). Durante todo o voo são oferecidos produtos como lanches, perfumes e até cigarros sem fumaça.

Apesar disso tudo, a maioria das companhias que operam neste modelo se gaba pela pontualidade e baixa taxa de extravio de bagagens.

2935341419_423fb6f4aa_z

Foto: jaksti

Algumas das principais companhias aéreas que seguem o modelo low-cost são a Southwest Airline e a JetBlue nos Estados Unidos e a easyJet e Ryanair, na Europa.

 

Ryanair

A Ryanair talvez seja a mais conhecida delas. A empresa se destaca pelos preços baixos e ampla cobertura de rotas em todo o território europeu.

A companhia foi criada pela família de Ryan com um capital social de apenas £1, e uma equipe de 25 pessoas. A primeira rota foi lançada Julho de 1985, com vôos diários em um avião Bandeirante de quinze lugares, operando diariamente de Waterford, no sudeste da Irlanda para Londres Gatwick. A partir de 1990, a família de Ryan investe por volta de £20 milhões na empresa, e copiando o modelo de low-cost da companhia aérea americana Southwest Airlines é relançada com nova gerência como a primeira companhia aérea low-cost da Europa. A Ryanair, então, passou a oferecer as tarifas mais baixas em todo o mercado e alta freqüência de vôos.

Hoje a Ryanair opera mais de 1.400 vôos por dia a partir de 44 bases e 1100 rotas low-cost em 27 países, conectando 160 destinos.

 

Pesquise!

Há outras opções como Wizzair, com foco em destinos no Leste Europeu, ou Vueling, baseada na Espanha. A escolha de uma ou outra vai depender do trecho escolhido, já que, geralmente, não há duas operando no mesmo trajeto.

Fique ligado no blog para mais dicas para viajar barato!

  • rita

    Ola

    Eu sou novata em viagem…eu nunca sai do brasil e fiquei apaixonada pelo leste europeu. Assisti um documentario chamado o mundo segundos os brasileiros.
    Eu sei que tem pacotes fechados para leste europeu, mas notei q é muito rapido, basico e quase não temos liberdade pra explorar os pontos culturais.
    Bom ai vai a bomba, espero e agradeço se vc puder me ajudar….
    Como faço para fazer essa aventura, de maneira legal, segura e não tão cara.
    ?
    Por onde eu começo, qto em media eu devo levar? deixo pra ir de cidade em cidade …fazendo reserva nos hoteis na hora?
    ops
    rssss
    estou perdida
    me ajuda abraços
    rita

    c

    • Onde viajar barato

      Rita, bem vinda ao blog!

      Nós pessoalmente gostamos de viajar já com tudo certo, para não termos surpresas desagradáveis. Além disso, não precisamos perder tempo precioso procurando hotéis, etc, sem qualquer recomendação. Frequentemente os estabelecimentos oferecem descontos para quem reserva com antecedência, já que, na hora, diante do desespero do turista, fica mais fácil oferecer preços mais altos. É claro que uma vez ou outra nos deparamos com algum imprevisto e precisamos ser flexíveis no nosso planejamento, mas todo viajante está sujeito a isso (temos que ter espírito esportivo!). Como já falamos várias vezes aqui no blog, quem planeja com certeza paga mais barato!

      Pacotes de viagem podem ser vantajosos para quem não tem muito tempo ou experiência em planejar viagens. O ponto negativo, como você mesma falou, realmente é a falta de autonomia. Mas nem sempre são mais em conta: quem está disposto a dividir quartos em albergues, comer em lanchonetes e não em restaurantes, e frequentar apenas as atrações gratuitas das cidades, consegue viajar de forma ainda mais barata.

      Portanto, o valor diário gasto vai depender do seu estilo como viajante. O Leste Europeu é mais barato que destinos mais tradicionais, como França, Itália, Alemanha, mas ainda é Europa. Alguns países aceitam Euros, outros vão exigir que você pesquise as melhores cotações para as moedas locais. Na hora do cálculo dos gastos, coloque sempre um percentual a mais, para alguma emergência.

      Resumindo, pesquise e planeje! O tempo gasto com a preparação da viagem também ter de ser prazeroso.

      Na primeira viagem, tenho certeza de que vai se apaixonar! Qualquer dúvida é só comentar!

      Pedro, Onde Viajar Barato