Pra onde viajar barato no exterior?










Em época de dólar recorde, a gente que gosta de viajar sofre de ansiedade! Mas não precisa desanimar! A dica é deixar os destinos mais conhecidos pra uma outra oportunidade e focar em destinos que não pesam tanto no bolso, mas que oferecem tantas belezas e experiências quanto outros mais turísticos.

Na hora de comprar dólares…

Busque comprar com antecedência e um pouquinho todo mês. Assim, você garante uma cotação média e amortece um pouco das variações. Gastos no cartão de crédito são sempre uma surpresa, pois não sabemos a cotação que vamos pagar até o fechamento da fatura. Além disso, há uma incidência de IOF de 6,38% para os gastos no cartão em moeda estrangeira, que pode ser evitado se comprarmos dinheiro vivo para levar. Nesse caso o imposto é de apenas 0,38%.

Visite nossos vizinhos!

Um exemplo está logo aqui perto da gente: Quito, no Equador, foi eleito o sexto destino mais em conta para viajantes, de acordo com o índice Global Backpacker Index, que calcula a média de gastos de turistas em cada cidade. Para a capital equatoriana, esse valor em 2018 ficou em USD 20,90, ou menos de R$ 100 por dia!

Uma outra dica é visitar nossos hermanos argentinos. Passagens para Buenos Aires frequentemente estão em promoção com preços ótimos, podendo chegar a menos de R$ 500 com saídas de diversas cidades do Brasil. A boa notícia é que o real já vale quase 10 pesos argentinos! Dá até pra esbanjar nas compras!

Foto: Qu1m

Foto: Qu1m

 

Falando em passagens…

A dica é monitorar passagens com alguns meses de antecedência, e visitar constantemente sites que agregam promoções de diversas companhias aéreas. Não tem muito mistério mesmo: a chave para uma viagem barata é o planejamento! Olhando com antecedência, dá pra pesquisar direitinho e comprar quando os preços estiverem mais em conta. Flexibilidade também é importante: faça as pesquisas em datas diferentes. Ir um dia antes ou voltar um dia depois pode compensar bastante no bolso.

Acompanhe as dicas do blog!

Estou retomando o blog. Minha ideia é jogar uma pegada mais pessoal e dar minha opinião mesmo sobre todos os lugares que já visitei, sem nenhuma pretensão de ser um expert ou fazer um guia definitivo. Minha premissa sempre foi essa: viajar barato, porque viajar é um barato! Espero vocês por aqui, inclusive compartilhando suas próprias dicas!

Alguém com viagem marcada também sofrendo com o momento de compra de dólares? Vamos nos abraçar!